Extração de carta sentença

O Provimento nº 10, de 31 de outubro de 2014, editado pela Corregedoria Geral de Justiça do Estado de Santa Catarina, permitiu aos tabeliães de notas de todo o Estado, extrair cartas de sentenças de processos judiciais referente a formais de partilha, cartas de adjudicação e de arrematação, mandados de registro, averbações e retificações. Para que seja possível a extração de cartas de sentença nas serventias extrajudiciais catarinenses, os processos devem encontrar-se encerrados, com o trânsito em julgado.

Documentos:

Processo original ou dispor da senha de acesso, no caso de processo eletrônico que deverão ser acessados pelo advogado
perante o Tabelião de Notas. 

O Advogado deverá apresentar: Carteira Profissional (OAB), Requerimento indicando o número das folhas que serão autenticadas e o processo judicial em meio físico.

Modelo do requirimento: